8 dicas para obter sucesso ao fazer uma exposição de museu

8 dicas para obter sucesso ao fazer uma exposição de museu

Existem diversos motivos para visitar um museu, porém, será o design da exposição e a narrativa que ela transmite que darão a impressão final sobre o museu. Uma exposição bem estruturada, com design limpo e harmonioso, apoio de aplicações interativas e percurso definido através dos módulos expositivos, contribuem para que o visitante tenha uma experiência memorável no museu. Mostraremos aqui quais são os principais pontos que precisam ser planejados e trabalhados para fazer uma exposição de museu eficiente.

Conte histórias envolventes

Transmita a história central da exposição de maneira criativa, fragmentada através dos módulos expositivos. Ou seja, para envolver os visitantes, trabalhe e destaque os pontos mais interessantes da história que se deseja contar. Também é interessante fazer uma exposição de museu incluindo histórias menores, que estejam relacionadas com o tema central da exposição.

Projete sua exposição para contar pequenas histórias dentro da narrativa principal. Portanto, explore a vida dos personagens, os locais, os objetos, os costumes e outros.

Fragmente a exposição em módulos expositivos

Separe seu conteúdo em módulos expositivos para facilitar o entendimento do assunto pelo visitante. Ninguém gosta de receber uma carga de informação de uma só vez. Assim sendo, o conteúdo deve ser sucinto e fazer conexão com os outros módulos, induzindo o visitante a continuar explorando.

Módulos Expositivos - Museu

Em conclusão, fragmente a exposição por assuntos, dividindo-a em módulos expositivos. No entanto, assegure que haja uma vínculo perceptível entre os módulos.

Utilize o design para criar interesse, sequência e foco

É muito importante pensar num bom design de exposição. Isso inclui pensar na escolha das imagens, elementos tipográficos e iconográficos aplicados em etiquetas, banners, plotagens ou placas. As possibilidades são praticamente infinitas, mas tudo isso precisa estar alinhado ao discurso expográfico. Tudo isso deve ser planejado com foco no visitante. Ou seja, pensado para despertar e manter o interesse do visitante no assunto, além de orientá-lo através do através de todo o percurso expositivo.

Fazer uma exposição de museu é mais do que agrupar elementos de texto, imagens e objetos. É preciso planejar o percurso e utilizar corretamente os elementos de design gráfico. Isso assegura que o visitante tenha seu interesse despertado pelo assunto ao mesmo tempo que orienta sequência correta da visita.

Incentive a aprendizagem através de jogos

Games não são apenas para crianças. Na verdade, os adultos também se divertem muito com eles. Um jogo educativo deve ser planejado para criar experiências atraentes, divertidas e interativas para os visitantes.

Por exemplo, pode-se disponibilizar um game baseado no assunto de determinado módulo expositivo. Como resultado, o game irá testar o conhecimento recém adquirido, além de ajudar na sua fixação.

Apresente os objetos e as informações de maneiras inovadoras

Ao montar uma exposição de museu, busque novas maneiras de apresentar os objetos e as informações relacionadas. Ao criar uma exposição imersiva e criativa, você elevará o engajamento dos visitantes.

Utilizando QR Code em Museu - Tríscele

O uso de recursos inovadores não necessariamente precisa ser caro ou difícil de ser implementado. Por exemplo, a utilização de simples QR Codes permite a disponibilização de conteúdos audiovisuais de maneira prática. Com este recurso, o visitante utiliza o seu próprio smartphone para acessar a mídia. A Tríscele foi pioneira ao trazer a tecnologia do QR Code para os espaços de museus, aplicando-os na exposição “Fé, Formação e Recanto de Paz” do Museu Irmão Luiz Godofredo Gartner.

Para fazer uma exposição de museu de sucesso, inclua tecnologias interativas

Totens touch, aplicações interativas, projeções, vídeos, aplicativos para dispositivos móveis. Procure utilizar uma combinação de tecnologias para capturar a atenção e interagir com o seu público. Com tecnologias interativas e criatividade a sua exposição museológica fará sucesso entre os usuários, especialmente os mais jovens.

totem touch interativo para museu - Tríscele

Uma opção interessante para os museus com orçamentos reduzidos, são os totens touch interativos. Estes equipamentos possuem um custo menor e são extremamente versáteis, permitindo a exibição de uma infinidade de conteúdos e aplicações.

Tenha um plano de ação claro com um público-alvo definido

Antes de iniciar o projeto, certifique-se de conhecer muito bem o público-alvo da sua futura exposição museológica. Portanto, procure estudar qual será a audiência que você pretende entreter, educar e engajar. Paneje cada etapa da sua exposição com estas informações em mente, para que a experiencia final seja memorável ao visitante.

Mantenha contato com o público do museu

Por fim, planeje bem a comunicação em torno da exposição. Sua estratégia de comunicação será determinante para o sucesso da exposição do museu. De nada adianta o seu museu ter uma expografia moderna, interativa e com design impecável se o seu público-alvo não souber sobre isso. Incentive os visitantes a fazerem postagens no Twitter e Instagram utilizando as hashtags apropriadas.

Também é imprescindível que o museu possua um site com um blog e que este seja alimentado constantemente. Não esqueça de manter as redes sociais atualizadas com postagens regulares.

Conclusão

Estas foram as nossas principais dicas para obter sucesso ao fazer uma exposição de museu. Portanto, seguindo estas orientações você será capaz de planejar e montar uma exposição envolvente e memorável para o visitante.

Se você tiver dúvidas ou considerações sobre o tema, sinta-se livre para deixar o seu comentário logo abaixo.

Publicado por na(as) categoria(as) Interatividade, Museu, Triscele.

Deixe o seu comentário. Queremos ouvir a sua opinião.

vinte − 11 =

Que tal Realizar o seu Diagnóstico de Acervo?

É Simples, Gratuito e 100% Online!

chat seta
fale com a Tríscele