Documentação Museológica e Sistemas Informatizados

A documentação museológica é o conjunto de atividades e procedimentos técnicos necessários para o controle do acervo museológico e para o controle de toda a sua informação. É ferramenta imprescindível à gestão do museu e possui normas adotadas internacionalmente, sendo um campo de atuação para o museólogo, profissional apto a essa demanda.

A TRÍSCELE atua na área de documentação museológica com diagnósticos e levantamento de acervo e com a elaboração e execução de projetos para documentação museológica, gerindo as informações para garantir o controle e a segurança dos acervos musealizados, ante as necessidades e as pesquisas que apontam um déficit na documentação em museus.

Banco de Dados para Acervos Museológicos

Um dos diferenciais da TRÍSCELE é o seu domínio na área de desenvolvimento web e consonante às tendências da Museologia, desenvolvemos software e banco de dados informatizado para os acervos museológicos, garantindo um maior controle e fluxo de informação, bem como uma maior segurança ao acervo musealizado.

A TRÍSCELE atua com uma equipe de profissionais habilitados e desenvolve também oficinas de capacitação, disseminando o conhecimento e habilitando os servidores dos museus a desenvolverem a gestão documental dos seus acervos.

Sylloge: Software para Gerenciamento de Acervo

Desenvolvido pela Tríscele, o Sylloge é um software para gerenciamento de acervo museológico que preserva as informações em uma plataforma 100% online de modo personalizado, eficiente e seguro; é uma ferramenta de gestão, de catalogação e de informatização dos objetos do museu.

Conheça o Sylloge

Leia mais

Conheça o Sylloge: Banco de Dados Para Museus

acervos, banco de dados, Documentação Museológica, gestão, Museologia, software, Sylloge

O Que é o Sylloge? O Sylloge é mais que um banco de dados para museus. Trata-se de um software para gerenciamento de...

Leia mais

Pensando o Livro de Registro de Inventário

acervo, documentação, Documentação Museológica, Estatuto de Museus, Inventário, Inventário Nacional, Lei 11.904, Livro de Inventário, Livro Tombo, Sylloge

O Livro de Registro de Inventário constitui-se em uma das responsabilidades de um museu. É por meio dele que a...

Leia mais

Estabelecendo um Sistema de Numeração para Acervos

diagnóstico museológico, Documentação Museológica, Levantamento de Acervo, número, número do objeto, Sistema de Numeração

O número de registro dos objetos do museu deve atender a um Sistema de Numeração padronizado. A adoção de um...

Diagnóstico e levantamento de Acervo

Reconhecimento do acervo museológico e domínio de sua informação; diagnóstico do estado de conservação; higienização, armazenamento e acondicionamento de acervos museológicos; procedimentos metodológicos para a Documentação Museológica; checagem e confronto de informações; eliminação de incoerências na documentação museológica, se já vigente.

Gestão do Acervo Museológico

Política de Acervo: incorporação e aquisição de objetos; empréstimo e doação; laudos técnicos: estado de conservação do acervo museológico; procedimentos para descarte; inventário: livro tombo, catalogação e livro de registro;

Sistema de Numeração

Definição e adoção de um sistema de numeração, conforme a tipologia e as especificidades do acervo museológico; catalogação e marcação dos objetos; elaboração de fichas de identificação; controle e acesso à informação do acervo museológico; planilhas e mapas de localização.

Banco de Dados Informatizado

Desenvolvimento de bancos de dados informatizados online para acervos museológicos; segurança, organização e controle da informação; digitação e digitalização de dados; fotografia, medição e especificações técnicas do acervo; relatórios e planilhas de controle.

Thesaurus para Acervo Museológico

Adoção de termos e terminologias específicas ao acervo museológico; universalização das linguagens; elaboração de manual de procedimentos técnicos; glossário e nomenclator; descrição técnica.

Reserva Técnica

O trabalho de levantamento de acervo e de documentação museológica, por meio de procedimentos técnicos, permite a reorganização e a adequação do espaço museográfico e também a implantação de reserva técnica. Planilhas, plantas e mapas de localização do acervo; identificação do acervo museológico por tipologia e material.